março 4, 2022

Por Profª. Pós-Drª. Rafaela de Almeida Schiavo CRP/0693353

É importante SABER que o HOMEM também pode apresentar DEPRESSÃO PÓS-PARTO. Sintomas de depressão não tem só a ver com disfunções hormonais, mas também pode ser desencadeada por eventos, psíquicos.

O nascimento de um filho não é um fato insignificante na vida do casal, mas é um evento que pode alterar toda a organização familiar e com isso pode haver desestabilização psicológica nos sujeitos.

Geralmente a depressão pós-parto materna inicia-se logo no primeiro mês pós-parto e tem uma recuperação emocional no sexto mês pós-parto, é interessante que o homem geralmente quando apresenta sintomas de depressão pós-parto ele manifeste os sintomas após o sexto mês do nascimento do filho.

Dado interessante é que cerca da metade dos homens cujas parceiras apresentam sintomas de depressão pós-parto, irão desenvolver também os sintomas após a melhora de sua parceira.

Muitas vezes o homem com depressão pós-parto NÃO CONSEGUE PERCEBER e começa a apresentar relatos de incômodo com a paternidade, que o bebê chegou para ocupar espaço na casa, que a esposa não lhe dá mais atenção como antes e sente que foi REJEITADO.

O psicólogo deve estar alerta se o homem está mais impulsivo, irritado, agressivo, uso ou abuso de álcool e/ou outras drogas, aumenta as chances de ocorrer VIOLÊNCIA DOMÉSTICA, não só contra a mulher como também contra o bebê. 

É importante que psicólogos também CUIDE da saúde mental de homens no período perinatal.

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}