janeiro 8, 2021

Durante a amamentação, o pai tem um papel importante e toda população deve ser conscientizada sobre a função do homem durante a promoção do aleitamento materno. Precisamos ter ciência de que não devemos pressionar a mãe para amamentar o seu bebê e devemos oferecer ajuda, incentivar a mulher nesse momento de amamentação.

Infelizmente, ainda temos muitos profissionais da saúde que não incentivam a amamentação exclusiva pelo menos até os seis meses da criança, por isso, a rede de apoio se faz importante, principalmente o pai para sucesso do aleitamento materno.

Infelizmente é pequeno o número de mulheres que moram com seus parceiros e recebem apoio dos mesmo para amamentação. Mas os que apoiam geralmente fazem isso, incentivando-a enquanto ela está amamentando; cuidando de outros filhos; escutando o que ela pede e ajudando-a; brincado com a criança, permanecendo ali naquele momento. São várias as formas que esse homem pode ajudar, auxiliar e apoiar e isso é importante. 

O apoio do parceiro é considerado fator de proteção para a amamentação exclusiva até os seis meses pós-parto.

Essa participação do parceiro na amamentação é importante também porque no pré-natal muitas vezes o pai fica esquecido, poucos incluem o pai no pré-natal e em outras ações, então, esse é o momento mais propício que existe para podermos inserir esse homem em todo um contexto passando informações da importância do aleitamento materno. 

Geralmente focamos somente nas mães, elas recebem convites para participar de grupos de orientações sobre amamentação e a deixamos de lado esse pai, o homem. Esquecemos que ele é uma figura parental e não um acessório, ou um anexo. 

Então, precisamos incluir esse homem nessas orientações que podem ser realizadas de forma conjunta, com casal e de forma separada também, não tem porque não existir um grupo de “pais grávidos”, se já existem grupos de gestantes. O homem também precisa e quer receber orientação. 

Um homem que sabe sobre amamentação, dos benefícios que o aleitamento materno tem para o bebê e para mulher, faz total diferença. Quando a mulher se sentir desanimada, querendo desistir, o parceiro que apoia pode ser muito significativo para que ela persista na amamentação. Então, profissionais da saúde, vamos incluir os homens nesse processo de amamentação.

Deixe seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}