outubro 6, 2021

Por Profª. Pós-Drª. Rafaela de Almeida Schiavo CRP/0693353

O pai é uma figura de papel muito importante no incentivo a amamentação e CONSCIENTIZAÇÃO da PROMOÇÃO do aleitamento materno, não como alguém que vá obrigar ou pressionar a mãe a amamentar quando esta não deseja, mas sim para ACOLHER e MOTIVAR.

A REDE DE APOIO é um fator que só tem a SOMAR no incentivo e empoderamento da mulher para que o aleitamento materno ocorra de forma plena e em LIVRE DEMANDA. Mulheres que vivem com o parceiro tem maiores chances de amamentar o bebê de forma exclusiva no seio até os seis meses pós-parto do que mães que NÃO vivem com o parceiro.

Inclusive é possível identificar em pesquisas que mães adolescentes, ou seja, com menos de 18 anos de idade, também apresentam menor tempo de amamentação. Muitas vezes a própria família e/ou ausência do parceiro podem estar influenciando de forma SIGNIFICATIVA neste processo, haja vista que a adolescência é uma fase onde o indivíduo na maioria das vezes se encontra em um CONTEXTO de recebimento de ordens e orientações, fazendo com que MITOS possam ser passados para a adolescente que muitas vezes não foi ensinada a buscar o devido fundamento.

A figura do PAI auxilia na amamentação no âmbito de apoio, incentivo, cuidado com os demais filhos caso haja e companhia para a mãe, tais funções representam fatores de PROTEÇÃO para a mulher SEGUIR com a amamentação e também em sua SAÚDE MENTAL. No pré-natal muitas vezes o pai é esquecido, os profissionais de saúde ainda tem desenvolvido AÇÕES para a participação paterna, entretanto a REALIDADE ainda não é esta quando falamos sobre o contexto de aleitamento materno com a participação do pai. Os GRUPOS de GESTANTES e grupos de PAIS também podem ser grandes espaços para compartilhar orientações acerca do pós-parto e os benefícios da amamentação para mãe e bebê.

De acordo com os materiais CIENTÍFICOS, o auxílio, conhecimento e incentivo do parceiro fazem toda a diferença no aleitamento materno exclusivo até os seis meses pós-parto. Portanto, os homens precisam ser incluídos nesse processo como um dos meios de promoção de saúde e amamentação.

Deixe seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}