setembro 13, 2021

A disciplina positiva é um modelo de criação proposto por Jane Nelsen, que propõe guiar as crianças colocando os limites necessários de uma forma gentil e firme ao mesmo tempo. Pode ser vista como uma terceira via dos modelos educativos parentais, estando nos extremos o modelo autoritário e o modelo permissivo.

Na disciplina positiva o respeito é um dos pontos mais importantes. Deve ser respeitada a existência da criança como um ser em desenvolvimento e que precisa de condução, mas que não deve ser feita de modo que a humilhe, sem subornos ou ameaças. Para que os pais consigam aplicar esse método de prática educativa, eles precisam estar dispostos a repensar suas formas de enxergar as crianças, antes de tudo.

As crianças não desenvolvem responsabilidade quando pais e professores são muito rígidos e controladores, mas também não se tornam responsáveis quando pais e professores são permissivos. Crianças adquirem responsabilidade quando tem a oportunidade de aprender habilidades sociais e de vida valiosas para desenvolver um bom caráter em um ambiente de gentiliza, firmeza, dignidade e respeito (NELSEN, 1981).

Com base nesse modelo respeitoso de educação, esperamos desenvolver nas crianças sete aspectos importantes para o seu desenvolvimento:

  1. Forte percepção das habilidades pessoais – “eu sou capaz.”
  2. Forte percepção sobre sua importância nas relações primárias – “eu contribuo de maneira significativa e sou genuinamente necessário.”
  3. Forte percepção de seu poder ou influência pessoal sobre a própria vida – “eu posso influenciar as coisas que acontecem comigo.”
  4. Forte habilidade intrapessoal: habilidade de entender suas próprias emoções e de usar esse entendimento para desenvolver autodisciplina e autocontrole
  5. Forte habilidade interpessoal: habilidade de trabalhar com os outros e desenvolver amizades por meio de comunicação, cooperação, negociação, troca, empatia e escuta ativa.
  6. Forte habilidade sistêmica: a capacidade de lidar com os limites e consequências da vida cotidiana com responsabilidade, adaptabilidade, flexibilidade e integridade.
  7. Forte habilidade de avaliação: habilidade de usar a sabedoria para avaliar as situações de acordo com valores apropriados.

REFERÊNCIAS

NELSEN, Jane. Disciplina Positiva: O guia clássico para pais e professores que desejam ajudar as crianças a desenvolver autodisciplina, responsabilidade, cooperação e habilidades para resolver problemas. 3. ed. rev. e atual. São Paulo: Manole, Janeiro 2016. 386 p.

Deixe seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}