Blog

Será que consigo amar o segundo filho tanto quanto amo o primeiro?

Sharing is caring!

Muitas mães acabam se fazendo esta pergunta quando pensam em engravidar
novamente ou quando já estão gravidas do segundo filho. Isso ocorre porque o
sentimento de amor materno é imensurável, o amor é tanto que muitas não conseguem
nem comparar o amor que sentem pelo filho, com o amor que sentem por qualquer outra
pessoa, incluindo a si mesmas.
O amor é um sentimento que não é possível medir exemplo: pouco amor, médio
amor, muito amor. As pessoas simplesmente amam, amamos muitas pessoas e o amor é
expresso de formas diferentes. Em geral amamos as pessoas mais próximas com as
quais criamos vínculos fortes tais como nossos pais, irmãos, amigos, parceiros(as)
amorosos etc. Para cada uma destas pessoas expressamos nosso amor de forma
diferente, pense no seu relacionamento com seu, pai, sua mãe e seus irmãos, você ama
todos eles, mas você expressa esse amor da mesma forma? Em geral sempre
desenvolvemos afinidades maiores com um ou com outro, você pode ter afinidade
maior com sua mãe do que com seu pai, por exemplo, suportaria a ideia de morar longe
de sua mãe, mas não de seu cônjuge, por exemplo.
Portanto, apesar de sentir que ama tanto seu filho mais que qualquer coisa no
mundo, você ainda assim, poderia conseguir amar o segundo, terceiro, quarto quantos
filhos tiver, o que não significa que as afinidades para com eles serão sempre iguais, não
é uma questão de preferencia, mas uma questão de afinidades.
Portanto, sim é possível amar os próximos filhos, como o primeiro!